Páginas

Esta foi a maneira que encontrei de dividir com vocês minhas alegrias, emoções, meus anseios, dúvidas, questionamentos,.. enfim, dividir um pouco de mim, afinal, ser mulher, mãe e esposa, não é fácil e eu não vim com manual de instruções!

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

sobre os tombos que a vida me deu...

Este final de ano foi bem pesado!

Perdi o bebê em outubro, meu avô em novembro e minha vó em dezembro! Foi punk!

Sempre tive uma ligação muito forte com meu avô. Eu sempre dizia que se minha vó não tivesse chegado primeiro, teria me casado com ele rs

Meu vô tinha uma sabedoria incrível, era um inventor nato! Com a pouca escolaridade que tinha, era PHD formado pela escola da vida. Quanta falta ele faz...

Minha vó era daquele tipo que você ligava e dizia: Vó, posso almoçar ai? E em meia hora ela fazia um banquete que nem em uma semana eu conseguiria fazer.
Me ligava todos os dias e me falava as mesmas coisas... mas eu gostava sabe? Confesso que as vezes ficava irritada, pois se ela não conseguisse falar na hora, sair ligando pra todo mundo querendo saber de mim e "das menininhas" como ela dizia rs

Ah meus velhinhos... que falta eu sinto de vocês! 
Sorte da Olívia ter os Bisavós por perto... sorte!

Agora tenho minha vó por parte de mãe aqui conosco e domingo agora vamos fazer um ensaio fotográfico com ela. Estou bem animada! Acho que será um momento lindo e com recordações incríveis <3

Pois é pessoas, por aqui vou me recuperando dos tombos que a vida me deu e agradecendo por todas oportunidades que ela me dá!

Beijocas,


Roberta Marques
"nosso amor é como o vento: não posso ver, não posso tocar, mas posso sentir"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo! Deixe um recadinho. Adoro quando você comenta! =)