Páginas

Esta foi a maneira que encontrei de dividir com vocês minhas alegrias, emoções, meus anseios, dúvidas, questionamentos,.. enfim, dividir um pouco de mim, afinal, ser mulher, mãe e esposa, não é fácil e eu não vim com manual de instruções!

segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

Sobre o meu reencontro após a maternidade...

Depois que me tornei mãe pela primeira vez eu tive duas certezas: a de que não queria mais lecionar e  que eu queria ajudar pessoas, fora isso, não sabia mais nada!


Desde então, tenho feito cursos e especializações nessa busca do meu novo eu. Não sei ai, mas aqui a maternidade me transformou em outra pessoa e ainda estou me reconhecendo.


Após muita busca, em 2017 fiz um curso em Orlando e lá conheci a Psicologia Positiva! Foi amor a primeira vista! Enquanto o Claudemir falava sobre ela, eu mal conseguia piscar. Não queria perder nada. Saí de la com a certeza que queria isso pra mim.


Depois de muita busca, conheci uma escola que tinha um curso para coachs, mas para fazer esse curso, eu precisaria antes ser uma coach! Confesso que tinha muito Pré-conceito com o coaching, mas se era necessário para fazer o de Psicologia Positiva, vamos la! 


Cheguei no curso imaginando que Coach era um conselheiro e chegando lá, descobri que nao era nada disso e que eu estava totalmente enganada. Foi outro amor! Saí certa que consegui encontrar a resposta que procurava á 8 anos! Aprendi como poderia ajudar pessoas e com isso, encontrei as duas certezas que tive depois que me tornei Mãe: Encontrei uma nova profissão e era de ajudar pessoas!


Quando fui para o curso, queria ser Coach de Luto, mas chegando lá e conhecendo de fato o que era  Coaching e como esse processo poderia ajudar, percebi que poderia ser muito mais do que uma Coach de Luto e com isso alcançar muito mais pessoas.


Um mês depois, fiz o Positive Coach, que é aplicar a Psicologia Positiva no processo de coaching e hoje, estou prospectando uma Pós em Psicologia Positiva.


Se alguém me dissesse 8 anos atrás, como eu estaria hoje, confesso que não acreditaria! Sem dúvidas, é muito melhor do que imaginei!


Estou finalizando a montagem da minha sala de atendimento e agora em fevereiro, faço mais uma etapa do meu processo de certificação, mas agora vou estudar ferramentas para trabalhar com empresas e grupos.


Tenho muitos planos e não vou parar por aqui! Minha metas são ambiciosas e sei que  só depende de mim alcança-las, já que tenho o apoio que preciso e o planejamento necessário para chegar onde determinei.



E você? Se perdeu após a maternidade ou tá tudo tranquilo por ai?




Até mais!



"nosso amor é como o vento: não posso ver, não posso tocar, mas posso sentir"

Um comentário:

  1. Oi,
    Não sou mãe ainda, mas a vinda pro Japão me faz pensar diariamente no meu lado profissional e sinceramente não sei pra onde ir.

    ResponderExcluir

Bem vindo! Deixe um recadinho. Adoro quando você comenta! =)